fbpx
Tópicos do artigo

A importância de uma marca para o seu negócio em 2020

O que significa ter uma marca, qual o impacto real dela no seu negócio e como saber se o investimento vale a pena?
Marca da apple é avaliada em 141 bilhões de dólares
Tópicos

O que é uma marca

Antes de dizer qual o impacto de uma marca para uma empresa, preciso garantir que você entenda o que realmente é uma logomarca.

Visualmente falando, marca é o símbolo + nome que representa uma empresa, pessoa, produto ou serviço.

A maçã da Apple, o NU da nubank, o Robozinho do Android, o cavalo da Ferrari e por aí vai.

Mas uma marca pode ir muito além disso.

Se a ideia é ter algo que representa uma empresa, então podemos entender que outras coisas também cumprem esse papel, como por exemplo um som, cheiro e até mesmo um comportamento.

Apesar de ser difícil ou quase impossível registrar legalmente um cheiro ou som como sendo de uma empresa, nós seremos humanos podemos memorizá-los e associá-los a uma determinada empresa ou produto.

Um bom exemplo disso é o clássico som de uma Harley Davidson. Não é um símbolo e nem nome, apenas um som, mas que conquistou os amantes por motocicletas e acabou virando uma espécie de marca registrada.

Criar uma Harley Davidson sem este som, para os fãs, eu acredito que seria quase um crime. Você já imaginou por exemplo como será difícil fazer os fãs mais fervorosos da marca se adaptarem a uma versão elétrica das motos?

Apesar de não ser possível registrar legalmente, o clássico som da Harley Davidson pode ser considerado uma marca – Imagem: www.harley-davidson.com

O mesmo acontece, por exemplo, com o vermelho da Ferrari, afinal, podemos dizer que uma Ferrari não é Ferrari se não for vermelha.

Uma “marca” também pode ser um cheiro. Quando nos apaixonamos por alguém e nos acostumamos com seu cheiro, seja por causa do perfume ou apenas seu cheiro natural. Esse cheiro fica em nossa memória afetiva e passamos a lembrar da pessoa através dele.

O impacto de uma marca na relação com os consumidores

Consumidores tendem a comprar de marcas que eles já estão familiarizados

Uma das maiores importâncias de uma marca é ajudar uma empresa a criar um espacinho na mente das pessoas e ao mesmo tempo transmitir uma mensagem.

Pode parecer bobeira, mas um simples símbolo, fontes e cores podem dizer muita coisa.

Veja por exemplo a marca da Apple. Por ser clean e apenas no preto, branco e prata, ela passa a mensagem seriedade e qualidade, enquanto a da Google é colorida, passando jovialidade e alegria.

Uma marca bem feita e bem administrada não só fica na memória das pessoas, como também influencia na decisão de compra.

Uma logomarca não só é responsável por representar uma empresa, mas também por influenciar na hora da compra, seja por causa da reputação da companhia ou simplesmente por causa da estética.

Imagine uma fabricante de roupas com materiais de qualidade exemplar, um tecido que não estraga na lavagem e cores que não desbotam. Mas essa roupa tem um detalhe importante: na estampa dela tem o símbolo da empresa, um símbolo medonho e que não transmite a mensagem de qualidade e que não é compatível com o público-alvo.

Agora eu pergunto: quantas pessoas você acha que comprariam ou vestiriam esse produto com orgulho? Poucos. Se for uma marca que se vende como sendo de luxo, piorou, aí eu diria que ninguém.

Nós compramos de quem conhecemos e por isso é tão importante ter um símbolo representando sua empresa em todos os lugares, para que aquele símbolo se torne familiar no futuro e influencie nas decisões de compra.

Isso é tão sério, que as marcas mais valiosas do mundo chegam a custar BILHÕES de dólares.

As marcas mais valiosas do mundo em 2020:

marca amazon passa a valer 221 bilhões de dólares em 2020
Valor de marca da Amazon chega a valer 221 bilhões de dólares

Segundo o Global 500, um relatório anual das marcas mais valiosas e poderosas do mundo, criado pela Brand Finance, estas são as mais valiosas de 2020:

  • Amazon: US$ 221bilhões (varejo)
  • Google: US$ 160 bilhões (tecnologia)
  • Apple: US$ 141 bilhões (tecnologia)
  • Microsoft: US$ 117 bilhões (tecnologia)
  • Samsung: US$ 94 bilhões (tecnologia)
  • ICBC: US$ 81 bilhões (financeiro)
  • Facebook: US$ 80 bilhões (mídia)
  • Walmart: US$ 78 bilhões (varejo)
  • Ping An: US$ 69 bilhões (seguros)
  • Huawei: US$ 65 bilhões (tecnologia)

É isso mesmo que você está lendo, estes não são os valores de ações no mercado, nem o valores de estoque e muito menos o lucro dessas empresas. Esses são os valores do símbolos que representam elas

Para chegar neste resultado, a Brand Finance leva em consideração o Índice de Força da Marca + Royalties vindo do uso do logotipo + receitas da empresa. Ou seja, é um cálculo que leva em consideração o quão importante é a marca na decisão de compra e no lucro final da empresa.

Se você se interessou pelo assunto, aqui vão mais algumas curiosidades:

Enquanto o valor da marca da Tesla cresce, Boeing vê queda devido aos acidentes do 737 Max

A Tesla, empresa de carros elétricos, é a que mais cresceu em relação ao ano anterior (cerca de 65%), seguida pelo Instagram e o Grupo Mitsubishi.

A Boeing teve uma queda de 29%, muito provavelmente por causa dos acidentes envolvendo o 737 Max, algo que com certeza prejudicou a confiança do público na companhia.

A Uber registrou uma queda de 32% por causa de problemas envolvendo segurança.

E a Baidu é a que mais saiu perdendo no ranque, com uma queda de 54% em relação ao ano passado.

E o Brasil?

Apenas 4 empresas brasileiras aparecem na lista, todas bancos, mas infelizmente sem divulgação dos valores.

Elas ficaram assim:

  • Itaú na 298ª posição
  • Bradesco em 308ª lugar
  • Caixa na 428ª posição
  • Banco do Brasil em 461º lugar

Estratégia por trás de uma marca

Você já entendeu a importância que uma marca tem na decisão de compra e até os valores absurdos que elas chegam a ter.

Então deve ter percebido que criar isso não deve ser fácil. E eu não falo somente do desenho, mas sim da estratégia que dá origem a ele.

Uma marca é consequência de uma série de informações sobre o público-alvo, motivações da empresa, o mercado de atuação e o futuro que a companhia deseja alcançar.

Por isso, antes de dar início no desenvolvimento é preciso pensar em diversos pontos, sendo alguns deles:

  • Quais são os problemas que sua empresa enfrenta no momento
  • Quais desses problemas podem ser resolvidos com uma boa marca
  • Qual o perfil do seu público-alvo e o que ele espera da sua empresa
  • Qual o perfil da sua própria empresa (personalidade, forma de se comunicar, etc)
  • Quais os objetivos da companhia para daqui 2, 5, 10 ou até 20 anos

Mas não se preocupe, você não precisa e nem deve pensar nisso tudo sozinho, é necessário ter alguém de fora que entenda não só de design, mas de estratégia de design, para conseguir retirar as informações, organizá-las, montar uma estratégia e então transformar tudo isso em visual.

Como saber se minha marca funciona

Este é o ponto mais difícil de se tratar. Avaliar se uma marca está funcionando sem ter o conhecimento em design, é extremamente difícil, já que para isso é necessário bagagem no assunto.

Mas existem alguns exercícios que você pode fazer por conta própria e depois confirmar com um profissional.

Alguns deles são:

  • Faça uma análise dos seus concorrentes ou de empresas que atuam no mesmo ramo que a sua.
  • Depois tente entender se a sua marca faz sentido no meio delas
  • Veja se as cores fazem sentido para o tipo de mercado que atua. Por exemplo: se você vende relógio para adultos, não faz sentido ter um logotipo com mais de 2 cores, pois isso passa uma imagem infantil.
  • Sua marca possui algum significado? Ela transmite alguma mensagem ou representa algo que faça sentido? Se a sua marca for apenas um símbolo vazio que não diz nada, isso é um sinal de que algo está errado.

Se você está na dúvida se este é o momento ideal para criar a sua marca ou se você já possui uma e não sabe se ela funciona como deveria, entre em contato comigo e me mande suas perguntas. Vou ter prazer em respondê-las o quanto antes e da forma mais honesta possível.

Caso queira saber mais sobre como você pode cuidar da comunicação visual da sua companhia, conheça o meu ebook gratuito “Porque o design da sua empresa não funciona e como resolver isso de graça

Ebook gratuito criado para ajudar empreendedores a melhorar a comunicação visual de suas empresas

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Hallan Dionisio

Hallan Dionisio

Hallan Dionisio é designer gráfico freelancer, nascido em Bauru e residente também em Campinas. Com 10 anos de experiência, ele atende empresas de todo Brasil, oferecendo soluções especialistas em: criação de sites, marcas e estratégia de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *